Por um bom período de tempo seus fornecedores aumentaram os preços usando o dólar como driver, agora…

Você conhece seus drivers de custo?

Todo COMPRADOR precisa saber quais são os principais produtos ou serviços comprados e quais são os fatores que definem seus custos, ou seja os drivers de CUSTO.

Ramos de negócios diferentes têm diferentes estruturas de custos. Alguns negócios são intensivos em mão de obra. Outros são materiais ou capital intensivo. Na distribuição, independentemente do setor, a maior parte dos custos é a aquisição de produtos comprados de fabricantes; cerca de 70% ou mais dos gastos vão para os alimentos e mercadorias expostos nas lojas.

Em uma empresa típica de manufatura, os custos são matérias-primas ou peças compradas de fornecedores; para um fabricante, os custos de aquisição de material e componentes são críticos. A ênfase da gestão deve estar nos processos e atividades para fabricação do produto e nas atividades associadas à aquisição de materiais. O gerenciamento efetivo da cadeia de suprimentos é essencial.

Em uma organização de serviços, como uma empresa de consultoria ou um desenvolvedor de software, até 75% dos custos podem estar relacionados a pessoas ou a serviços utilizados pelas pessoas (escritórios, telefones e computadores). A gestão em serviços deve focar na eficácia e a eficiência do trabalho humano.

Para uma empresa do ramo de material esportivo, que investe fortemente em sua marca, os maiores gastos estão relacionados a marketing, propaganda e promoção. Neste exemplo, a gestão deve estar focada em atividades relacionadas ao design e à compra de serviços de publicidade e ao recrutamento de celebridades da área esportiva.

undefined

Como a variação da moeda americana afetou os custos do que você compra?

Cada tipo de negócio foi impactado pela variação do dólar em menor ou maior proporção. Como foi este impacto nos produtos ou serviços que você compra? Quando você foi obrigado a aceitar como reajuste de preços? Bem, o gráfico acima mostra a variação do dólar entre janeiro de 2014 até outubro deste ano.

Espera-se uma queda no valor, não para o que era em 2014, mas algo em torno de 3,20, segundo os economistas. De qualquer forma, fique atento, porque é o momento de começar a pedir redução de preços. Normalmente, passado um período como o que tivemos até muito recentemente, os fornecedores não vem pedir redução de preços porque eles foram impactados pela baixa do dólar.

Cabe a você fazer isto, desde que,  como foi dito no começo deste post, você conheça os drivers de custo daquilo que você compra.

Você só faz a diferença quando você faz melhor do que os outros!

Veja outros posts no site da Mupe Consultoria.

A MUPE pode ajudar sua empresa em treinamentos, processos de terceirização, de transformação da área de Compras de burocrática para estratégica, em redução de custos, em previsão de vendas, etc.

Preocupado em promover a excelência, a Mupe Consultoria tem publicado assuntos ligados à formação profissional e gestão em nosso Blog.


QUER SER AVISADO DE OUTROS CONTEÚDOS COMO ESSE POR E-MAIL? POR FAVOR, INSCREVA-SE ABAIXO.

SOBRE O AUTOR:

Vladimir de Lima

Vladimir , cofundador da MUPE, tem grande experiência nas áreas operacionais e de gestão em empresas de nacionais e multinacionais, conseguindo impactantes reduções de custos de aquisição e de custos com pessoal através da implantação de processos mais racionais. Também é um entusiasta do treinamento através de abordagens práticas de problemas vividos pelas empresas, o que o levou a escrever o livro “Previsão de demanda – o básico que você precisa saber”.


GOSTOU, COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Deixe um comentário